domingo, 25 fevereiro, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEconomiaNegóciosDiretor industrial deixa a Sigma Lithium e três executivos são promovidos a...

Diretor industrial deixa a Sigma Lithium e três executivos são promovidos a gerentes gerais

- Publicidade -Google search engine

Sigma Lithium informou nesta sexta-feira (6), em comunicado ao mercado, a renúncia, a partir de 29 de setembro, de Brian Talbot do cargo de diretor industrial (chief operating officer) da empresa. Segundo a companhia, o executivo renunciou por motivos de saúde, após licenças pessoais que exigiram ausências prolongadas do Brasil desde o final de junho.

Procurado, Talbot informou que havia renunciado do cargo no final de julho, e que ficou efetivamente até 29 de setembro. Preferiu não tecer comentários da sua saída da Sigma.

Conforme comunicado da empresa, “as licenças pessoais prolongadas desde junho não trouxeram nenhum impacto operacional para Sigma Lithium”, e que, nesse período, obteve níveis recordes de produção diária.

“Brian informou ao CEO e ao conselho de administração em julho de 2023 que ele se aposentaria de seu papel como líder técnico por motivos de saúde”, diz o comunicado.

A produtora de lítio grau bateria, com operações de mina e de industrialização em Araçuaí e Itinga, no noroeste de Minas Gerais, informou ainda que promoveu a cogerentes gerais o diretor de mineração, Reinaldo Brandão, o diretor de processo industrial, Keith Prentice, e o diretor de geologia e relações institucionais regionais, Irã Zan, para exercerem as funções.

“A elevação de cogerentes gerais teve um impacto operacional positivo para a Sigma Lithium no atingimento de produção diária recorde, anualizada, de 320 mil toneladas [de concentrado de lítio], conforme comunicado de 2 de outubro”, destacou

Segundo a empresa, os executivos estão encarregados das operações técnicas há quase quatro meses e residem permanentemente em Araçuaí e que foram responsáveis pelos início das operações de produção da unidade industrial Greentech, pelo circuito de empilhamento a seco e reutilização de água de rejeitos.

Brandão, formado pela Escola Politécnica da USP e com pós-graduação na Universidade de Ouro Preto, é um executivo sênior, com mais de 30 anos de experiência no setor, informa o comunicado.

Keith Prentice é experiente em desenvolvimento e construção de minas, com atuação na África e internacionalmente, tendo formação em Metalurgia de Extração pela Escola de Minas da Universidade de Joanesburgo.

Bacharel em Geologia e Geociências pela Unicamp, Zan tem mais de 12 anos de experiência profissional em mineração, tendo passado por Mineração Taboca e Yamana Gold.

A Sigma informou ainda que Vicente Lobo continua a exercer a função de presidente da comissão técnica do conselho de administração da companhia, onde atua há cinco anos, desde 2019.

Talbot estava na empresa desde 2022, quando da largada de implantação das instalações de produção (Greentech plant). De acordo com informação no site da companhia, o executivo é engenheiro químico pela Universidade sul-africana Witwatersrand e atuou ao longo de uma década na indústria do lítio, passando pela Galaxy Resources (atual Allkem) e Bakita (Sinomine Resource Group).

Fonte: Valor Econômico

- Publicidade -spot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -