sexta-feira, 1 março, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioFiscalização/SegurançaBraskem: possível venda reacende debate sobre exploração e acidente em Maceió

Braskem: possível venda reacende debate sobre exploração e acidente em Maceió

- Publicidade -Google search engine

A Comissão de Relações Exteriores do Senado marcou para esta segunda-feira (8/5) uma audiência pública para discutir o impacto da venda da Braskem, empresa petroquímica brasileira, no afundamento de bairros de Maceió. A empresa demorou quase três anos para retomar as obras paradas no eixo metropolitano de Maceió devido a um acidente de mineração que deslocou mais de 60 mil pessoas.

A audiência foi solicitada pelo senador Renan Calheiros, do MDB de Alagoas, presidente da comissão. O governo do estado apresentará aos senadores dados de um parecer técnico encomendado pela Secretaria de Fazenda à consultoria Finance, que mostra como, três anos depois do ápice da exploração do minério pela Braskem, o acidente geológico continua deslocando pessoas que não podem permanecer na região.

O relatório aponta que as perdas em Alagoas já chegam a bilhões. Apenas a retomada de escolas e hospitais na região afetada pelo acidente demandaria um investimento de R$ 72 milhões.

No sábado, Renan Calheiros afirmou que “Alagoas e o Senado não admitem que resolvam primeiro o problema da Braskem sem resolver o problema do estado de Alagoas”.

A venda da Braskem tem sido discutida há algum tempo e a empresa tem enfrentado desafios para superar os problemas decorrentes do acidente de mineração em Maceió. A audiência pública desta segunda-feira visa discutir o impacto da venda da empresa no estado de Alagoas e no afundamento de bairros em Maceió.

*Com informações de Metrópoles.

- Publicidade -spot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -