segunda-feira, 26 fevereiro, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioESGMineração legal e sustentável contribui para o desenvolvimento da Amazônia

Mineração legal e sustentável contribui para o desenvolvimento da Amazônia

Simineral participa da Exposibram, o maior evento de mineração da América Latina, que está sendo realizado em Belém, e mostra a força da mineração sustentável realizada no Pará

- Publicidade -Google search engine

“Temos uma chance muito grande e uma oportunidade única de mostrar o quão importante é a mineração realizada de forma legal e sustentável dentro da Amazônia”. Com essa fala, Anderson Baranov, o presidente do comitê gestor do Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral), resumiu bem a ideia que a Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (EXPOSIBRAM) representa.

O evento, que ocorre em Belém (PA), entre os dias 28 e 31, é realizado anualmente pelo Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), e considerado o maior da área de mineração em toda a América Latina. Além de uma grande vitrine sobre o setor, ainda reúne um congresso técnico, importante fórum de discussões sobre o presente e o futuro da mineração realizada no mundo.

Na visão do gestor do Simineral, ter um evento dessa magnitude sendo realizado no Pará, um dos maiores estados minerários do Brasil, é uma grande oportunidade para mostrar todo o potencial da mineração legal e sustentável realizada na região. “Isso traz uma motivação extra para que a gente possa mostrar esse lado da mineração, não só de geração de renda e emprego, mas mostrar o compromisso com a Amazônia, mostrar que onde tem mineração legal, tem proteção ambiental. E isso é que a gente sempre vai buscar, pra que a gente possa projetar as empresas, trazer investimentos, trazer cultura, trazer apoio à sociedade como um todo”, explica Anderson Baranov.

Além disso, o gestor defende, também, que é fundamental aproveitar esse momento para pensar em ações conjuntas, que envolvam poder público, empresas, academia e terceiro setor, que se transformem em um planejamento estratégico até a COP 30, que será realizada na cidade em 2025, e onde a mineração desempenhe esse papel de destaque no impulsionamento do desenvolvimento sustentável de todo o Pará.

Potência mineral – O Pará é dos maiores produtores e exportadores de minério de todo o país. Somente em 2022, as exportações somaram US$ 18 bilhões, com cerca de 170 milhões de toneladas de minério comercializadas internacionalmente, gerando 328 mil empregos diretos e indiretos e R$ 2,9 bilhões arrecadados através da CFEM (Compensação Financeiro por Exploração Mineral) pelo Estado, de acordo com dados do Boletim Indústria Mineral do Pará 2022.

Internamente, a mineração é um dos principais segmentos econômicos do Estado, correspondendo a mais de 80% de tudo o que o Pará exporta, o que contribui de forma decisiva para o superávit da balança comercial do Pará. Além disso, são recursos que se transformam em investimentos sociais e ambientais e em desenvolvimento para os diversos municípios ao longo de toda a cadeia produtiva mineral.

E é essa realidade que o estande do Simineral, que está presente na feira, mostra. “Em nosso estande, falamos sobre desenvolvimento sustentável, todas as ações e iniciativas que as mineradoras realizam para um futuro sustentável da atividade no Pará. Esse é um importante momento de troca, de negócios e de conhecer mais sobre esse importante setor para o Estado e para o país como um todo. Esperamos que os participantes possam usufruir dessa grande e inédita oportunidade de recebermos a Exposibram em Belém”, pontua a vice-presidente do comitê gestor do Simineral, Ana Carolina Pantoja.

- Publicidade -spot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -