segunda-feira, 26 fevereiro, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEventosBH recebe delegação internacional interessada na tecnologia brasileira para a indústria de...

BH recebe delegação internacional interessada na tecnologia brasileira para a indústria de mineração

Iniciativa inédita no setor, a rodada internacional de negócios promovida pelo programa Brazil Machinery Solutions reunirá empresas nacionais com compradores argentinos, chilenos e colombianos

- Publicidade -Google search engine

Entre os próximos dias 15 e 17 de março, a cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais, sedia a Rodada Internacional de Negócios Mineração 2023. Trata-se de uma iniciativa inédita, que reunirá 22 fabricantes brasileiros de máquinas e equipamentos voltados para as indústrias do setor e sete compradores, entre distribuidores, representantes e importadores finais, vindos da Argentina, Chile e Colômbia.

Promovida pelo Programa Brazil Machinery Solutions (BMS) – fruto da parceria entre ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos) – a ação tem como foco fomentar a exportação de maquinários, soluções e tecnologias nacionais para todos os processos que envolvem a cadeia de mineração, destacando a qualidade e a competitividade da nossa indústria.

“Além disso, esta é a primeira rodada internacional dedicada ao segmento de mineração. A ação é uma estratégia de diversificação de atuação do BMS junto às empresas deste segmento”, complementa Patrícia Gomes, Diretora de Mercado Externo da ABIMAQ.

A escolha dos países de origem dos compradores internacionais é totalmente estratégica para os membros do programa e participantes da rodada, uma vez que 87% das empresas sinalizaram interesse em se reunir com potenciais compradores do mercado argentino, 91% pelos de origem chilena e 83% pelos colombianos.

É importante destacar que, somente em 2022, as exportações brasileiras de máquinas e equipamentos para a indústria de mineração totalizaram cerca de USD 688 milhões, 25% a mais do que em 2021 (USD 550 milhões). No ranking dos top 10 países que mais importaram do Brasil no último ano, dentro deste contexto, estão Estados Unidos, Argentina, Chile, México, Alemanha, Peru, Colômbia, Paraguai, França e Canadá, na respectiva ordem.

Ainda em 2022, a Argentina totalizou aproximadamente USD 83 milhões em negócios internacionais com as indústrias brasileiras, 48% a mais que em 2021 (USD 56 milhões). O país foi responsável por 12% do total das exportações realizadas pelo Brasil no último ano para esta vertical.

O Chile, por sua vez, importou o equivalente a USD 57,6 milhões em máquinas e equipamentos do Brasil em 2022, representando 8,4% do total das exportações do mercado. Este total de importações é 40% maior do que o alcançado em 2021, quando as negociações atingiram pouco mais de USD 41 milhões.

Entre os três países que fazem parte da delegação de compradores, a Colômbia se destaca por apresentar a maior variação no montante das importações, no comparativo entre 2022 x 2021, com crescimento de 91,8%. No último ano foram cerca de USD 26 milhões, enquanto no anterior o total foi de USD 13,5 milhões. Em relação à sua participação nas exportações realizadas pelo Brasil, o país responde a 3,8% do total para a vertical da mineração.

“Vale mencionar, também, que no mês de abril nós levaremos representantes da indústria nacional de máquinas e equipamentos para a XVII Expomin, o principal evento do setor de mineração da América Latina. Esta será mais uma oportunidade para destacarmos nossos diferenciais, modernidade e capacidade técnica para todo o mundo”, destaca Patrícia. 

- Publicidade -spot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -