sexta-feira, 1 março, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEconomiaNegóciosVale está prestes a vender 10% de sua unidade de metais básicos...

Vale está prestes a vender 10% de sua unidade de metais básicos por US$ 2,5 bilhões, diz WSJ

- Publicidade -Google search engine

Segundo o Wall Street Journal, a Vale está próxima de finalizar a venda de 10% de sua unidade de metais básicos por um valor de US$ 2,5 bilhões. O negócio será realizado por meio de uma joint-venture entre o fundo soberano e uma mineradora sauditas.

Em outubro, a mineradora brasileira havia confirmado a intenção de encontrar um parceiro para realizar o spin-off do negócio de metais básicos, que inclui níquel e outros componentes usados na fabricação de baterias para carros elétricos.

O fundo soberano da Arábia Saudita, conhecido como Public Investment Fund, lançou uma iniciativa em conjunto com a estatal Ma’aden em janeiro, buscando ativos de mineração em todo o mundo, como parte da aceleração da transição para uma economia de baixo carbono. O reino saudita está investindo em segmentos como energias renováveis e baterias.

Unidade de metais básicos da Vale

A Vale possui operações de níquel na Indonésia, país que lidera a produção desse metal, e também explora cobre no Brasil.

Além disso, o negócio de metais básicos também atraiu interesse de outras empresas, como a General Motors e o fundo soberano do Qatar, conforme relatado pelo WSJ. O anúncio oficial da transação pode ser feito nos próximos dias.

Com essa movimentação, a Vale busca se posicionar para atender à crescente demanda global por metais utilizados na produção de veículos elétricos e outras tecnologias de baixo carbono. Atualmente, a venda de minério de ferro para a China tem sido o principal impulsionador do crescimento da empresa, mas a expectativa é que os próximos anos sejam marcados pela necessidade global de descarbonização.

Até o momento, a Vale não se pronunciou oficialmente sobre a notícia divulgada pelo Wall Street Journal. No entanto, a ação da mineradora já apresenta alta de mais de 3% no mercado.

- Publicidade -spot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -