sábado, 2 março, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEconomiaNegóciosTucano Gold assume controle de mina de ouro no Amapá

Tucano Gold assume controle de mina de ouro no Amapá

- Publicidade -Google search engine

A mineradora canadense Tucano Gold Inc., parte do grupo Pilar Gold, fechou um acordo com a Great Panther Mining Ltd. para adquirir 100% das ações da Mina Tucano e 100% das ações da Tucano Resources Mineração, responsáveis pela exploração do ouro no Amapá.

A aquisição da mina está sujeita à aprovação do Plano de Recuperação Judicial e do acordo com os credores. A Tucano Gold afirmou que já conta com o apoio da maioria dos credores da Mina Tucano para que a compra siga adiante.

A mineradora canadense planeja retomar as operações de exploração de ouro na mina do Amapá no quarto trimestre deste ano. A empresa adquirida pelo grupo, a Mina Tucano, está em recuperação judicial desde setembro de 2022.

Embora os detalhes financeiros da transação não tenham sido divulgados, a aquisição da mina de ouro faz parte de um plano para pagamento dos credores da empresa, adquirida pela Great Panther Mining em 2019, conforme relatado pelo Valor Econômico.

Mina Tucano

A Mina Tucano, em operação desde 2005, já produziu mais de 1,5 milhão de onças de ouro, com uma média anual de produção entre 2014 e 2020 de 134 mil onças. Em 2022, antes das operações serem interrompidas, foram produzidas 60 mil onças de ouro.

Em junho de 2022, as reservas provadas e prováveis de ouro da Mina Tucano eram de 12,9 milhões de toneladas, de acordo com um relatório da Great Panther.

O grupo Pilar Gold também planeja desenvolver operações em Goiás e reiniciar a maior usina de ouro da Europa, na Finlândia, ainda em 2023.

*Fonte: Valor Econômico

- Publicidade -spot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -