sexta-feira, 12 abril, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEconomiaMineração no Pará: estado se consolida como um dos maiores produtores minerais...

Mineração no Pará: estado se consolida como um dos maiores produtores minerais do Brasil

- Publicidade -

O Pará, segundo maior estado em produção mineral do Brasil, ganha destaque no “Boletim da Mineração 2023”, lançado pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) em agosto. O boletim fornece um panorama abrangente que demonstra a crescente importância da produção mineral para o estado ao longo da última década.

Os dados revelam que o setor mineral paraense gerou mais de 325 mil empregos diretos e indiretos em 2021, destacando sua relevância na economia local. A participação do Pará na produção mineral nacional tem se mantido acima de 20%, com 21,2% em 2021, produzindo 369,4 milhões de toneladas de minério, com destaque para o alumínio, que corresponde a 89,4% da produção nacional.

A produção mineral voltada para exportação tem impulsionado a balança comercial e o Produto Interno Bruto (PIB) do estado. Em 2022, o Pará alcançou o segundo maior valor de exportação mineral, totalizando US$ 15 bilhões, contribuindo significativamente para a economia.

A influência do setor é especialmente notável em municípios próximos a projetos mineradores, como Canaã dos Carajás, Parauapebas e Marabá. O boletim também destaca que a produção de minério gerou um valor recorde de R$ 145 bilhões, o que equivale a 42,3% do valor nacional, com destaque para o ferro, que representou R$ 119,9 bilhões.

Esse estudo fornece informações essenciais para o desenvolvimento de políticas públicas e orienta tanto o gestor público quanto a população sobre o impacto positivo da mineração na economia do estado. O Pará continua a desempenhar um papel fundamental na produção mineral do Brasil, impulsionando o crescimento econômico e a geração de empregos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -