quarta-feira, 24 abril, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEconomiaInvestimentos globais em mineração precisam atender demanda de transição energética, mostra levantamento

Investimentos globais em mineração precisam atender demanda de transição energética, mostra levantamento

- Publicidade -

A demanda crescente por matérias-primas essenciais para tecnologias de transição energética, como turbinas eólicas, placas fotovoltaicas e baterias de lítio, requer um aumento significativo nos investimentos globais em mineração. De acordo com um levantamento da McKinsey, os investimentos podem chegar a até US$ 4 trilhões até 2030, com um valor anual estimado entre US$ 300 bilhões e US$ 400 bilhões.

A Agência Internacional de Energia (IEA) projeta um aumento de mais de 40 vezes na demanda por lítio nos próximos 20 anos, enquanto grafite, cobalto e níquel devem experimentar uma demanda de 20 a 25 vezes maior do que o mercado atual.

Para atender a essa demanda, Julio Cesar Nery Ferreira, diretor de Sustentabilidade e Assuntos Regulatórios do Ibram (Instituto Brasileiro de Mineração), enfatiza a importância do Brasil desenvolver uma política nacional para estimular a produção de minerais críticos necessários para a transição energética.

O Ibram, que representa 85% da produção mineral do Brasil, está pressionando o governo federal a investir na Agência Nacional de Mineração (ANM) e no Serviço Geológico do Brasil (SGB) para fortalecer o setor e criar regras e incentivos.

Além da política de minerais estratégicos, as mineradoras aguardam o Plano de Transição Ecológica e a revisão do Plano Nacional de Fertilizantes, que devem incluir políticas para a mineração.

Em relação aos planos do governo, o novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) inclui a pesquisa mineral como um dos subeixos do grupo Transição e Segurança Energética, e recentemente, o governo e o BNDES formaram um grupo de trabalho para avaliar áreas estratégicas para financiamento nesse contexto.

No Brasil, o lítio tem se destacado, com o lançamento da iniciativa Lithium Valley Brazil, que visa atrair investimentos internacionais para a exploração de lítio no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais. Além disso, a mineradora australiana Meteoric Resources NL investirá cerca de R$ 1,2 bilhão na extração de terras raras em Poços de Caldas (MG), essenciais para turbinas eólicas e veículos elétricos.

A demanda por minerais críticos para a transição energética é evidente, e o Brasil está se movimentando para se tornar um jogador importante nesse mercado global.

Com informações de epbr

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -