segunda-feira, 26 fevereiro, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEconomiaNegóciosGlencore diz que pode melhorar oferta pela Teck

Glencore diz que pode melhorar oferta pela Teck

- Publicidade -Google search engine

A Glencore, empresa de mineração com sede em Londres, sinalizou que está aberta a melhorar sua oferta de aquisição de US$ 23,1 bilhões pela Teck Resources. Mas isso desde que os acionistas rejeitem o plano da mineradora canadense de dividir a empresa em duas na próxima semana.

O CEO da Glencore, Gary Nagle, escreveu uma carta aberta aos acionistas da classe B da Teck, oferecendo a possibilidade de melhorar a proposta diretamente com os acionistas da Teck, caso o conselho continue a rejeitar sua oferta. Nagle afirmou que a empresa fará uma oferta aos acionistas da Teck se a proposta de separação não for aprovada.

A Teck respondeu rapidamente à carta da Glencore, dizendo que a empresa já se envolveu “extensivamente” com a Glencore, por seis meses essencialmente na mesma proposta, e repetidamente determinou que não é do interesse de seus acionistas.

Carta da Glencore antecede votação

A carta da Glencore vem exatamente uma semana antes da votação da Teck sobre a divisão da empresa em duas, uma de metais básicos e uma mineradora de carvão metalúrgico. Para ser aprovada, a moção requer a aprovação de dois terços dos acionistas Classe A e Classe B.

A oferta inicial da Glencore representou um prêmio de 20% em relação ao preço de fechamento da Teck em 26 de março, quando foi feita de forma privada. Analistas do JP Morgan disseram esta semana que a Glencore poderia pagar até US$ 27,2 bilhões. No entanto, a lenda da mineração canadense, Robert Friedland, saiu em defesa da Teck, instando o governo canadense e os reguladores a proteger a empresa de “predadores estrangeiros” e garantir que os recursos estratégicos, principalmente cobre e zinco, permaneçam nas mãos do mercado local. Os acionistas da mineradora com sede em Vancouver votarão a proposta de dividir seus negócios de carvão metalúrgico e siderúrgico em duas empresas, Teck Metals e Elk Valley Resources, em 26 de abril.

Leia também: ArcelorMittal firma joint venture para levar energia renovável à Bahia

- Publicidade -spot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -