segunda-feira, 26 fevereiro, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEconomiaNegóciosSouth Star Battery Metals recebe aprovação ambiental para expansão da mina de...

South Star Battery Metals recebe aprovação ambiental para expansão da mina de grafite na Bahia

- Publicidade -Google search engine

A South Star Battery Metals informou que obteve autorização ambiental para as Fases 2 e 3 de sua mina de grafite em Santa Cruz, na Bahia. Com essa aprovação, a empresa poderá aumentar sua produção anual para até 50.000 toneladas de concentrados de grafite natural, distribuídos em oito concessões de mineração.

Além disso, cinco das principais concessões do projeto receberam aprovação do escritório regional da Agência Nacional de Mineração (ANM) e foram enviadas para Brasília, ao Ministério de Minas e Energia (MME), para revisão final e emissão das licenças de mineração.

De acordo com a empresa, as autorizações ambientais foram concedidas com condições semelhantes às da Fase 1 do projeto, que inclui a construção de uma planta piloto com capacidade de produção de 5.000 toneladas por ano (tpa), prevista para iniciar a produção comercial no primeiro trimestre de 2024.

Quando concluída, a mina de Santa Cruz será a primeira nova operação de grafite nas Américas desde 1996. Localizada no estado da Bahia, espera-se que a mina a céu aberto tenha uma vida útil de 12 anos, dividida em três fases.

O presidente da South Star, Richard Pearce, destacou que as aprovações representam um marco significativo para o projeto de Santa Cruz. Ele enfatizou que essas autorizações são essenciais para a redução de riscos nas operações futuras e para o aumento da produção, em um momento crucial para os metais de bateria.

Pearce também mencionou que, após a aprovação completa das concessões de mineração para as Fases 2 e 3 pelo MME, a empresa poderá expandir a produção da Fase 1 para a capacidade máxima de 13.000 tpa e fornecer mais grafite de alta qualidade aos clientes.

As operações da Fase 2 estão planejadas para iniciar em 2026, com uma planta de concentração maior capaz de produzir até 25.000 tpa. Já a Fase 3, prevista para 2028, aumentará a capacidade total para as 50.000 tpa almejadas.

O próximo objetivo da empresa é obter todas as licenças e autorizações necessárias para a produção de 50.000 tpa e concluir o estudo de viabilidade de Santa Cruz até dezembro de 2024. Após a conclusão desse estudo, a South Star tomará uma decisão de investimento no projeto, que até agora foi parcialmente financiado para a Fase 2.

- Publicidade -spot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -