quarta-feira, 21 fevereiro, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioESGMineração: blockchain como aliada na rastreabilidade de metais

Mineração: blockchain como aliada na rastreabilidade de metais

- Publicidade -Google search engine

A tecnologia blockchain não está limitada ao universo das criptomoedas. Ela está se expandindo para diversos setores, incluindo a mineração. A capacidade da blockchain de garantir a segurança e rastreabilidade das transações está sendo explorada como uma solução para o desafio da proveniência de minerais, especialmente no Brasil.

Em março de 2023, o deputado federal Professor Reginaldo Veras (PV-DF) propôs um projeto de lei que visa incorporar a tecnologia blockchain no setor de mineração. Essa iniciativa destaca a crescente importância de garantir a origem ética dos minerais extraídos da natureza.

A empresa brasileira Fênix DTVM já deu um passo significativo nesse sentido ao realizar, naquele mesmo mês, a primeira venda de uma barra de ouro no Brasil com total rastreabilidade por meio da tecnologia blockchain.

A blockchain é utilizada para registrar detalhadamente cada etapa da obtenção do minério, proporcionando uma garantia robusta da procedência do produto. Esse método ajuda a evitar associações indesejadas, como o envolvimento em atividades de garimpo ilegal ou desmatamento.

Blockchain na mineração

O diretor de operações da Fênix, Pedro Eugênio Procópio, enfatizou o compromisso da empresa com a “sustentabilidade e a responsabilidade social do negócio”, visando ser um agregador global de metais e promovendo uma cultura de originação responsável.

Embora a Fênix tenha sido pioneira nesse contexto, algumas das principais empresas de mineração já adotam a tecnologia blockchain há mais tempo. Em 2019, a Glencore PLC, uma das maiores mineradoras de cobalto do mundo, ingressou na Rede de Blockchain de Fornecimento Responsável (RSBN), utilizando a plataforma Hyperledger Fabric da RSBN para rastrear a produção de cobalto.

O debate em torno do uso da blockchain na mineração destaca a importância de compreender a procedência dos minerais. O advogado especialista em mineração, Frederico Bedran, destaca que o desafio está em entender como os minerais foram produzidos, garantindo o respeito às boas práticas da mineração e considerando os aspectos socioambientais envolvidos na atividade.

- Publicidade -spot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -