domingo, 19 maio, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEconomiaEmpresa de fertilizantes investirá R$ 800 milhões no Complexo Mineroquímico em Sergipe

Empresa de fertilizantes investirá R$ 800 milhões no Complexo Mineroquímico em Sergipe

- Publicidade -

Uma das maiores produtoras e distribuidoras de fosfato e potássio, a Mosaic Fertilizantes, anunciou um investimento de mais de R$ 800 milhões no Complexo Mineroquímico de Taquari-Vassouras, localizado em Rosário do Catete, no Sergipe.

Os recursos, de acordo com a empresa, serão usados para manter a extração de silvinita utilizada no beneficiamento de potássio. Além disso, a empresa disse que tem planos de estender a operação até pelo menos 2030. Da mesma forma, pretende aumentar sua capacidade produtiva para 450 mil toneladas de potássio por ano, ante as 370 mil toneladas no último ano.

O investimento vai para a aquisição de equipamentos e melhoria de infraestrutura. A ideia é aumentar a competitividade da produção interna e, ao mesmo tempo, garantir a continuidade das atividades no local.

Mosaic Fertilizantes investe no Sergipe

A Mosaic estima que o investimento também contribuirá para a economia de Sergipe, através da contratação de mão de obra, serviços e materiais. A presidente da Mosaic Fertilizantes, Corrine Ricard, reafirmou o compromisso com o desenvolvimento socioeconômico regional e com o agronegócio brasileiro, especialmente com o Plano Nacional de Fertilizantes.

“Cientes da importância e viabilidade dessa operação para o mercado nacional, decidimos fazer esse investimento para estender a vida útil dessa operação e aumentar sua capacidade produtiva em um mercado que deve continuar crescendo. Nós sabemos o quão relevante é ter uma operação competitiva dentro de um dos países que tem maior taxa de crescimento de demanda de potássio”, diz Corrine.

Ainda segundo Corrine, tudo isso aponta para a continuidade do empenho e comprometimento com a operação local, essencial para o agronegócio nacional.

“Mantemos um diálogo constante com funcionários, comunidade e autoridades sobre as evoluções da nossa operação e sobre oportunidades e desafios para o crescimento da indústria de fertilizantes na região”, afirmou.

A empresa tem trabalhado desde que assumiu a operação do complexo para estudar soluções economicamente viáveis e de longo prazo para a continuidade da exploração de potássio em Sergipe.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -