segunda-feira, 22 abril, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioFiscalização/SegurançaBraskem esclarece acionamento indevido de alarme de evacuação em Maceió

Braskem esclarece acionamento indevido de alarme de evacuação em Maceió

- Publicidade -

Os moradores dos bairros Pontal da Barra e Trapiche, em Maceió, foram surpreendidos na manhã de quarta-feira (5) com o acionamento indevido do alarme de evacuação da petroquímica Braskem. A empresa explicou que realiza testes semanais das sirenes, mas dessa vez houve uma desconfiguração na mensagem enviada, causando pânico entre os moradores. A Braskem já corrigiu o erro e esclareceu que não houve nenhuma emergência.

A Braskem é uma indústria plástico-química localizada em uma área residencial próxima à Praia do Sobral e Lagoa Manguaba. No passado, a empresa também realizava a extração de salgema, o que resultou no afundamento do solo nos bairros do Pinheiro, Bebedouro, Mutange e Bom Parto.

Sirene da Braskem

Segundo relatos dos moradores, o alerta indicava vazamento de produto químico e orientava as pessoas a se dirigirem para a praia. A situação causou correria e preocupação na região. No entanto, tanto os bombeiros quanto a empresa confirmaram que não houve nenhuma emergência.

A Braskem emitiu uma nota de esclarecimento, informando que ocorreu uma desconfiguração na mensagem enviada, mas que o problema já foi corrigido. A empresa também entrou em contato com as comunidades por meio do Conselho Consultivo Comunitário (CCC) para informá-las sobre o equívoco.

O gerente de Relações Institucionais da Braskem em Alagoas, Milton Pradines, gravou um vídeo junto a um morador da região para tranquilizar a população. Ele explicou que o acionamento errôneo ocorreu durante o teste semanal das sirenes e que não há nenhum risco ou vazamento.

A Braskem reforçou seu compromisso com a constante comunicação com as comunidades e autoridades locais, por meio do Programa APELL (Alerta e Preparação das Comunidades para Emergências Locais), realizando reuniões regulares para garantir a segurança de todos.

*Com informações do G1

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -