quinta-feira, 16 maio, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioFiscalização/SegurançaAMG Brasil recupera medidores polpa furtados

AMG Brasil recupera medidores polpa furtados

São utilizados para medir a quantidade de minério que passa por uma tubulação durante o fluxo de produção de minério

- Publicidade -

A AMG Brasil recebeu da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEM) nesta segunda-feira, 10 de julho, a informação da recuperação dos dois equipamentos medidores de polpa furtados no final de junho na unidade operacional localizada em Nazareno e São Tiago (região do Campo das Vertentes/MG).

Os equipamentos foram localizados em um estabelecimento comercial que atua com revenda de sucata no estado de São Paulo. Os medidores serão encaminhados à AMG Brasil seguindo orientações e diretrizes de manipulação e segurança determinadas pela CNEN. A AMG Brasil já comunicou o fato à Polícia Civil de Nazareno (MG).

Mesmo com a recuperação, a AMG Brasil continua com investigação interna independente para apuração dos fatos que deram origem ao furto. Com isto, a empresa pretende adotar medidas de melhoria e mitigação de riscos em relação aos seus processos internos de controle.

Os medidores de densidade de polpa são comumente utilizados na indústria de mineração para medir a quantidade de minério que passa por uma tubulação durante o fluxo de produção de minério e possuem uma fonte selada de Césio-137, revestida de aço inoxidável e blindada internamente por duas outras camadas de chumbo e aço.

As fontes contidas nos equipamentos furtados são classificadas como “Categoria 5, Baixo Risco” pelas normas regulatórias; e, quando utilizadas nos medidores de densidade de polpa ou preservadas as suas características originais de proteção (blindagens e revestimento), não oferecem qualquer risco à saúde.

A AMG Brasil reafirma seu compromisso absoluto de atuar de maneira responsável e diligente perante a comunidade e lamenta as preocupações junto à comunidade pelo fato ocorrido. A empresa agradece a colaboração da população, bem como órgãos e entidades que têm atuado ativamente nas investigações que resultaram na bem-sucedida localização dos equipamentos.

Fonte: Brasil Mineral

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -