sábado, 18 maio, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEconomiaAgência Internacional de Energia lança programa para garantir fornecimento de Minerais Críticos

Agência Internacional de Energia lança programa para garantir fornecimento de Minerais Críticos

- Publicidade -

A Agência Internacional de Energia (AIE) está lançando um programa para assegurar o fornecimento contínuo de minerais cruciais para a segurança energética, à medida que a demanda por esses minerais cresce rapidamente e sua produção permanece concentrada em alguns grandes produtores, afirmou o diretor-executivo da AIE nesta terça-feira, conforme informou a Reuters.

Fatih Birol enfatizou que a produção de veículos elétricos, painéis solares e outros dispositivos energéticos depende fortemente de minerais como lítio, cobalto e cobre. Embora a AIE continue monitorando os mercados de petróleo e gás, Birol destacou que a cadeia de suprimentos de tecnologias energéticas representa um desafio significativo para a segurança.

“Por isso, estamos lançando um programa crucial de segurança mineral”, declarou Birol durante seu discurso. Ele apontou que atualmente há duas questões críticas: a incapacidade de atender à demanda e a concentração da capacidade de produção desses minerais em um ou dois países. Embora não tenha fornecido detalhes específicos, Birol mencionou que o programa foi inspirado no mecanismo de segurança petrolífera da AIE, que exige que os países membros mantenham reservas equivalentes a 90 dias de consumo de petróleo.

Programa de garantia de Minerais Críticos

A China é o principal produtor de 30 dos 50 minerais críticos, conforme apontado em um documento da Associação das Indústrias Aeroespaciais dos EUA no ano passado. Além disso, é líder na mineração e processamento de terras raras no mundo. O país impôs restrições às exportações de alguns minerais estratégicos no ano passado, visando proteger sua posição dominante nesse setor.

Essa iniciativa da AIE surge em um momento em que os países estão intensificando seus esforços para reduzir as emissões, aumentando a demanda por minerais essenciais, como lítio, cobre, níquel, cobalto, manganês e grafite, usados em baterias, assim como elementos de terras raras, empregados em turbinas eólicas e veículos elétricos.

O aumento da demanda levanta preocupações sobre a volatilidade dos preços e a segurança do fornecimento, com a AIE alertando que, mesmo em um sistema energético cada vez mais eletrificado e voltado para energias renováveis, a geopolítica continua sendo uma consideração fundamental.

Em julho do ano passado, a agência divulgou sua primeira Análise Crítica do Mercado de Minerais e organizou em setembro a primeira cúpula internacional sobre minerais críticos e seu papel nas transições para energias limpas.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -