Publicidadespot_img
InícioEconomiaProjeto Nova Vila, da AngloGold Ashanti, integra portfólio da Invest Minas

Projeto Nova Vila, da AngloGold Ashanti, integra portfólio da Invest Minas

O projeto Nova Vila da AngloGold Ashanti, em parceria com a construtora Concreto e com o apoio da Prefeitura de Nova Lima, passou a fazer parte do portfólio de projetos da Invest Minas, a Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais.

A entrada no portfólio foi oficializada por meio de um protocolo de intenções assinado pelo Governo de Minas Gerais, a AngloGold Ashanti e a Concreto. A cerimônia de assinatura ocorreu na terça-feira, 5 de setembro, no Centro de Memória da AngloGold Ashanti, em Nova Lima, e contou com a presença do Vice-Governador Professor Mateus. Durante o evento, autoridades visitaram a antiga área industrial da mineradora, que será transformada em Nova Vila, uma região central para a cidade.

O projeto tem como objetivo preservar o patrimônio histórico e cultural, ao mesmo tempo em que reimagina o uso do espaço atualmente inativo. Nova Vila abrigará centros culturais, espaços públicos, áreas verdes, comércio, serviços, residências e muito mais. Também haverá espaço para esportes ao ar livre, atividades educacionais, iniciativas de economia criativa e inovação na indústria.

A área cobre mais de 260.000 metros quadrados, incluindo as antigas Minas Velha e Minas Grande, que estiveram ativas entre 1834 e 2003. Desses, 25% são destinados a corredores ecológicos e à preservação da Mata Atlântica.

O Vice-Governador Mateus destacou o potencial do projeto para transformar a vida das pessoas em Nova Lima e na região circundante. Ele afirmou que o compromisso da empresa em construir Nova Vila deverá gerar cerca de 350 empregos temporários diretos e mais 600 empregos indiretos.

Projeto Nova Vila

Nos primeiros três anos de operação, são esperados mais de 260 empregos permanentes. O Governo de Minas Gerais permanece comprometido em apoiar iniciativas e projetos que contribuam para o desenvolvimento e a melhoria da vida de seus residentes.

João Paulo Braga, CEO da Invest Minas, também destacou a importância do projeto para o estado, enfatizando a importância econômica da mineração em Minas Gerais. Ele acredita que esta iniciativa cumprirá o compromisso de devolver áreas revitalizadas à população, tanto social quanto ambientalmente.

O projeto Nova Vila apresenta um design arquitetônico e paisagístico distintivo, com foco na revitalização de mais de 19.600 metros quadrados de estruturas históricas. Ele combina a preservação do patrimônio, a conservação ambiental e a inovação, com construções projetadas para respeitar a história local e o conceito de “Museu do Território”.

Atualmente, o projeto está em processo de licenciamento junto às autoridades de patrimônio e ambientais e foi amplamente apresentado a representantes da sociedade civil, comunidades, associações e instituições.

Segundo Othon Maia, Diretor de Sustentabilidade e Assuntos Corporativos da AngloGold Ashanti, Nova Vila representa um exemplo único de encerramento de mina com a geração de valores sustentáveis em Minas Gerais e no Brasil.

Ele oferece um novo propósito a uma área industrial desativada, proporciona lazer, preserva e celebra a história, promove a cultura e apoia o desenvolvimento socioeconômico.

Entre os recursos distintivos do projeto, estão também o baixo impacto ambiental e a construção de uma nova via de 2 km e de uma ciclovia que melhorará a mobilidade urbana na área central de Nova Lima.

A partir de Nova Vila, haverá duas alternativas para acessar o centro da cidade a partir da parte mais baixa da cidade.

O Prefeito João Marcelo Dieguez enfatizou a importância dessa área para Nova Lima e expressou confiança em um projeto que preserva o patrimônio histórico local ao mesmo tempo em que oferece soluções para o tráfego da área central, comércio, serviços e o aproveitamento pela comunidade.

Toda a construção de Nova Vila será realizada de maneira responsável, com foco na preservação e valorização do patrimônio histórico, como explicou Miguel Safar Filho, Diretor da Concreto.

O legado do projeto será a integração dessa área, que possui um imenso valor histórico para a comunidade de Nova Lima, preservando sua memória e redefinindo seu uso para impulsionar ainda mais o desenvolvimento da cidade.

- Publicidade -
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -