quinta-feira, 16 maio, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEconomiaNegóciosMineradora britânica mira em cidade de MG para exploração de terras raras

Mineradora britânica mira em cidade de MG para exploração de terras raras

- Publicidade -

Uberaba, cidade localizada em Minas Gerais, está atraindo a atenção de investidores estrangeiros interessados na exploração de terras raras, minerais conhecidos como o “ouro do século 21”. Esses elementos são essenciais para a indústria de alta tecnologia, sendo utilizados como matéria-prima em diversos produtos, desde celulares e motores de carros elétricos até turbinas eólicas, equipamentos médicos e aplicações na indústria aeroespacial e em projetos de nanotecnologia e biotecnologia.

A empresa britânica Rainbow Rare Earths anunciou um convênio com a Mosaic Company, uma empresa de fertilizantes, com o objetivo de realizar uma avaliação econômica para a extração de terras raras a partir da pilha de fosfogesso da Mosaic em Uberaba. A Rainbow acredita que a composição desses minerais na cidade brasileira seja semelhante à encontrada em seu projeto em desenvolvimento na África do Sul.

Exploração de terras raras

Amostras das pilhas de Uberaba foram coletadas e estão sendo submetidas a testes nos Laboratórios SGS em Toronto, no Canadá, para a realização da avaliação econômica preliminar.

O interesse na exploração de terras raras tem crescido significativamente, como evidenciado pelo aumento de 70% no número de pedidos protocolados de pesquisa para lavra desses minerais em apenas dois anos, chegando a 154 pedidos em 2022, de acordo com a Agência Nacional de Mineração (ANM).

A Mosaic Fertilizantes, que mantém uma unidade em Uberaba, respondeu à reportagem destacando o compromisso ESG da empresa e a parceria com a Rainbow Rare Earths como uma iniciativa inovadora para reforçar a economia circular. O estudo de avaliação econômica ainda não possui um prazo definido para início.

Essa parceria pode impulsionar a economia da região e abrir novas oportunidades de negócio, contribuindo para o desenvolvimento sustentável e a valorização dos recursos minerais do Brasil.

Fonte: JM Online

NOTÍCIAS RELACIONADAS

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -