quarta-feira, 24 abril, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioProjetosInácio Melo é o novo presidente da Companhia de Pesquisa de Recursos...

Inácio Melo é o novo presidente da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais

Serviço Geológico do Brasil é um dos braços que ajuda o trabalho de mineração no país

- Publicidade -

O empreendedor Inácio Melo foi indicado nesta quinta-feira, 3, para presidir a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), estatal governamental que é vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

Cearense radicado há mais de duas décadas no Maranhão, Inácio Melo passou por um longo e detalhado crivo, que buscava averiguar se o empreendedor obedecia os requisitos da lei das estatais, além de analisar se possuía as habilidades e competências necessárias para presidir o órgão.


A CPRM tem, entre outras responsabilidades, subsidiar a formulação da política mineral e geológica, participar do planejamento, da coordenação e executar os serviços de geologia e hidrologia de responsabilidade da União em todo o território nacional. A estatal também trabalha para estimular o descobrimento e o aproveitamento dos recursos minerais e hídricos do País, orientar, incentivar e cooperar com entidades públicas ou privadas na realização de pesquisas e estudos destinados ao aproveitamento dos recursos minerais e hídricos.

No setor de mineração, Inácio Melo terá como principal meta ajudar a desenvolver a mineração no país.

“Temos uma importante missão, nos dada pelo ministro Alexandre Silveira, e que também estava na agenda que venceu as eleições no ano passado, que é garantir o desenvolvimento econômico com sustentabilidade. Não há conflito entre a defesa e proteção do meio ambiente com o desenvolvimento econômico, e nós na CPRM vamos dar subsídio a todos os projetos que sejam de interesse do Brasil”, pontuou.


Sobre o Maranhão, Inacio Melo foi enfático: “Temos o dever cívico e até mesmo a responsabilidade ética e moral de ajudar nosso estado. Temos cartas geológicas que mostram o potencial hídrico mineral do Maranhão, e vamos ajudar o governo do Maranhão, além de quem quiser investir no estado de forma responsável e sustentável”, frisou.


Inácio Melo administrará um orçamento sem aportes de emendas parlamentares, que chega a meio bilhão de reais, e, também, comandará cerca de dois mil funcionários espalhados por todo território nacional.

*Informações Jornal Pequeno


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -