sexta-feira, 12 abril, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEconomiaNegóciosGerdau investirá R$ 5 bilhões em operações com foco na usina de...

Gerdau investirá R$ 5 bilhões em operações com foco na usina de Ouro Branco (MG)

- Publicidade -

A Gerdau, uma das maiores empresas siderúrgicas do Brasil, tem perspectivas positivas para 2023, de acordo com o seu CEO, Gustavo Werneck. Com um investimento de R$ 5 bilhões em manutenção, expansão e atualização tecnológica, a empresa espera atender a demanda dos mercados da construção civil, agronegócio, infraestrutura e industrial.

Conforme Werneck, parte do investimento será destinado à aquisição de equipamentos para o autoformo 1 na unidade de Ouro Branco (MG). A instalação passará por manutenção em 2025.

A empresa registrou em 2022 a maior receita líquida de sua história, totalizando R$ 82,4 bilhões. O Ebitda ajustado somou R$ 21,5 bilhões, e o lucro líquido ajustado foi de R$ 11,6 bilhões, menor do que o de 2021, que foi de R$ 13,87 bilhões. As vendas físicas de aço foram de 11,9 milhões de toneladas.

Gerdau otimista para 2023

Werneck acredita que a dinâmica de preços do aço será similar em 2023 à de 2022. Além disso, prevê que a construção civil será um importante fator de demanda. No entanto, ele observa que os juros altos impactam o desempenho desse setor, principalmente no consumo das famílias de renda mais baixa. O CEO da Gerdau afirmou que o setor está aquecido, principalmente em obras para unidades comerciais e para as classes média e alta.

Outra importante demanda para a Gerdau será o agronegócio, que deve demandar mais aço com o aumento da produção de máquinas agrícolas, tratores e caminhões. Werneck também acredita nos setores de infraestrutura e saneamento, prevendo mais investimentos por parte do governo federal.

Ao longo de 2022, a Gerdau investiu R$ 4,3 bilhões, sendo R$ 2,6 bilhões em manutenção e R$ 1,7 bilhão em projetos de expansão e atualização tecnológica. Uma parte do investimento contemplou a expansão de ativos florestais, atualização e aprimoramento de controles ambientais, incrementos tecnológicos que resultam em eficiência energética e redução de emissões de gases de efeito estufa. O CEO da Gerdau não detalhou qual a parte dos investimentos ficará em Minas Gerais, Estado que concentra 70% das atividades da empresa.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -