segunda-feira, 26 fevereiro, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioArtigosCobre ditando moda? O metal como protagonista para o desenvolvimento do segmento...

Cobre ditando moda? O metal como protagonista para o desenvolvimento do segmento de vestuário

- Publicidade -Google search engine

 Por Felipe Guerini

O segmento de vestuário tem um papel relevante para a economia brasileira. Para se ter uma ideia, em 2022, o setor de moda movimentou R$ 207,5 bilhões, segundo dados da Pesquisa IPC Maps, especializada em potencial de consumo dos brasileiros. Para 2023, a perspectiva é ainda melhor, apontando um crescimento de 6,8%, e um montante de R$221,6 bilhões, o que demonstra o potencial de crescimento deste setor.

Com este avanço, outras áreas também sentem os efeitos positivos, como é o caso da indústria metalúrgica. Embora poucos saibam, o segmento de vestuário demanda um grande volume de metais para compor parte das peças que são produzidas. Entre os principais materiais utilizados estão o cobre e suas ligas, que oferecem uma série de benefícios às empresas do setor.

Vantagens e aplicações do cobre e suas ligas no segmento de vestuário

Entre os diversos tipos de materiais utilizados no segmento de vestuário, o cobre e as ligas produzidas a partir dele ganham destaque. Estes metais podem ser aplicados em inúmeros itens, como calçados, calças, blusas, bolsas, jaquetas e camisetas, por exemplo.

Para a fabricação de botões, zíperes, deslizadores e puxadores, as principais ligas de Cobre utilizadas são o Latão Fio Máquina 65/35 e a Alpaca. Já os Ilhoses, encontrados sobretudo em calças e jaquetas jeans, o Latão 70/30 é uma das principais matérias-primas.

Entre os motivos pelos quais o material está tão presente no segmento estão os benefícios e vantagens oferecidos. É um metal leve, durável, resistente à corrosão e ao desgaste.
 

Além disso, trata-se de um metal com fácil trabalhabilidade a frio, durabilidade, aspecto superficial diferenciado, matéria prima reciclável e reutilizável. Essas propriedades fazem do cobre um material ideal para aplicações em roupas que precisam ser resistentes, confortáveis e seguras.
 

Partindo do ponto de vista das propriedades mecânicas, devido aos elementos inseridos nas ligas de cobre fornecidas ao seguimento de vestuário, há o incremento de propriedades mecânicas importantes tais como resistência ao desgaste e à corrosão, mantendo a maleabilidade necessária para conformação e aumentando a qualidade e durabilidade necessária para o segmento.
 

Nos zíperes por exemplo, o ciclo de vida útil de abertura e fechamento é mais durável se comparado a fabricação utilizando material não metálico. Outro fator de maior durabilidade é a resistência ao desgaste e ao atrito gerado no momento da lavagem de uma peça que possui um acessório metálico.
 

Outro fator preponderante para o uso das ligas de Cobre no segmento de vestuário, é o aspecto superficial que se reflete de forma determinante na aparência final do produto, conferindo um toque de elegância e sofisticação às roupas.
 

Além do benefício da durabilidade, as ligas de Cobre oferecem a possibilidade de reciclagem, refusão e, posteriormente, o retorno para o mercado, fato este que visa a sustentabilidade e proteção ao meio ambiente, fatores determinantes atualmente para o consumo no universo da moda.
 

Fatores sustentáveis oferecidos pelo Cobre e suas ligas
 O Cobre é um metal infinitamente reciclável, sendo um dos poucos materiais que podem ser remanufaturados repetidamente sem alteração de desempenho. Desta forma, os produtos fabricados a partir do Cobre secundário possuem as mesmas propriedades de um similar oriundo de fontes primárias. Diante disto, a fabricação do Cobre pode ser realizada sem prejuízos a partir de fontes mistas, permitindo uma gestão mais eficiente de recursos.
 

O efeito combinado de sua perenidade e reciclabilidade infinita permite constatar que o processo de reciclagem do cobre é aliado do meio ambiente, pois um produto feito com ligas de Cobre, quando atinge o fim de vida, gera uma sucata íntegra, de elevado índice de aproveitamento, resultando em menor aporte de energia elétrica para a sua transformação.

Diante deste contexto, levando em consideração as inúmeras vantagens e aplicações, investir nas ligas de Cobre pode ser um caminho determinante para impulsionar o desenvolvimento do segmento de vestuário. Neste momento, é fundamental estar atualizado e buscar cada vez mais por materiais e tecnologias que proporcionem ganhos sustentáveis e econômicos à indústria, ao mesmo tempo em que forneça produtos com a qualidade necessária e esperada pelo consumidor final.

Felipe Guerini é Gerente Comercial da Termomecanica, empresa líder na transformação de Cobre e suas ligas.

- Publicidade -spot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -