quinta-feira, 16 maio, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioFiscalização/SegurançaBraskem emite comunicado se solidarizando com moradores de Maceió

Braskem emite comunicado se solidarizando com moradores de Maceió

- Publicidade -

A petroquímica Braskem emitiu comunicado se solidarizando com os moradores de Maceió, em Alagoas. Além disso, prestou informações sobre providências tomadas pela companhia, em função dos acontecimentos envolvendo minas de sal-gema naquela capital.

No comunicado, a Braskem reafirmou o seu compromisso e manifestou solidariedade irrestrita a todos os moradores da cidade de Maceió.

“Nossa prioridade continua sendo a segurança das pessoas. É para isso que trabalhamos
incansavelmente há quatro anos nos trechos da cidade afetados pelo afundamento do solo”, disse a Braskem.

Na nota, e empresa disse que desde 2019 já realizou as seguintes ações na região:

  • Paralisação definitiva da atividade de extração de sal, em maio de 2019
  • Realocação preventiva de cerca de 40 mil pessoas da área definida como de risco pela Defesa Civil
  • Desocupação de 100% dessa área de risco definida em 2020 – moradores dos últimos
    23 imóveis, que ainda permaneciam na região, foram realocados na semana passada
  • Apresentação de 19 mil propostas de indenização a moradores e comerciantes,
    o que representa 99,8% do total, com aceitação de 99%.

Além disso, a empresa disse ter disponibilizado apoio psicológico, cuidado com animais de estimação, suporte para regularização de documentos e mudança. Os bairros desocupados continuam recebendo serviços de zeladoria que incluem limpeza, controle de pragas e vigilância patrimonial, em conjunto com a segurança pública.

Como medida de prevenção, a Braskem disse ter instalado “uma das mais modernas redes de monitoramento do solo” na região a partir de abril de 2019. Além disso, em novembro de 2020, iniciou o plano de fechamento definitivo das cavidades (poços de sal) desativadas, que já tem 70% dos trabalhos concluídos.

“Medidas adicionais de mitigação, reparação e compensação foram definidas em acordos com órgãos federais, estaduais e municipais. São ações nas áreas social e ambiental, além de um programa de mobilidade urbana, projetos de reurbanização e de conservação do patrimônio histórico”, disse a Braskem.

Ainda segundo a empresa, foram provisionados R$ 14,4 bilhões, dos quais já foram desembolsados R$ 9,2 bilhões, sendo R$ 4,4 bilhões pagos em indenizações de moradores e comerciantes.

Sobre a movimentação do solo registrada nos últimos dias em um local específico do bairro do Mutange, em Maceió, a empresa destacou que a situação se dá em um trecho da área já 100% desocupada desde abril de 2020, e segue sob monitoramento constante.

“Hoje, temos mais de mil profissionais integralmente dedicados a cumprir todos os compromissos assumidos com Maceió, colaborando com as autoridades e priorizando a segurança das pessoas”, concluiu a Braskem.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -