quarta-feira, 24 abril, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioEconomiaBrasil busca atrair investidores e adotar modelo amigável para a exploração do...

Brasil busca atrair investidores e adotar modelo amigável para a exploração do lítio

- Publicidade -

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem planos de adotar um modelo amigável aos investidores para impulsionar a exploração do lítio no Brasil, seguindo a abordagem adotada pela Austrália.

Essa postura contrasta com a abordagem mais voltada para o setor público anunciada recentemente pelo Chile e a quase nacionalização decretada pelo México. Vitor Saback, secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia, compartilhou essa informação durante uma entrevista na sede da Bloomberg, em Nova York.

Saback liderou uma delegação brasileira em reuniões com potenciais investidores no Vale do Lítio, localizado em Minas Gerais, região que abriga as maiores reservas do mineral no país. O Brasil deseja aproveitar a crescente demanda global pelo lítio, que é essencial na fabricação de baterias para veículos elétricos.

O secretário destacou o histórico de segurança jurídica do Brasil e a mensagem positiva de Lula em relação à proteção ao meio ambiente, fatores que têm sido bem recebidos pelos investidores. No entanto, assim como seus países vizinhos, o Brasil também está analisando maneiras de agregar valor ao lítio.

Política amigável para lítio

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços está estudando medidas para incentivar o desenvolvimento de uma indústria baseada no minério. Saback ressaltou que o país tem interesse em desenvolver toda a cadeia produtiva do lítio, desde a exploração mineral até a produção de baterias.

No momento, o foco principal é atrair investidores para produzir e exportar concentrado de lítio das jazidas de rochas duras no Brasil. Além do lítio, o Brasil é o segundo maior exportador mundial de minério de ferro e um produtor de cobre e níquel, metais também utilizados na fabricação de baterias.

A transição energética oferece uma oportunidade para o setor de mineração dobrar sua participação na economia brasileira, de acordo com Saback. No entanto, é necessário erradicar o garimpo ilegal, que ocupa atualmente uma área maior do que a mineração industrial, de acordo com a ONG MapBiomas. O governo de Lula prometeu reprimir a atividade ilegal de extração de ouro no Brasil, removendo garimpeiros de terras indígenas.

“Não toleraremos a ilegalidade”, afirmou Saback. “Esse é um assunto do Ministério da Justiça e da polícia.”

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -