quarta-feira, 21 fevereiro, 2024
EnglishPortugueseSpanish
spot_img
InícioArtigosA Transição Energética É Uma Oportunidade Para Posicionar O Brasil Como Fornecedor...

A Transição Energética É Uma Oportunidade Para Posicionar O Brasil Como Fornecedor De Insumos Estratégicos, Afirma ABPM Durante Seminário Sobre Terras Raras

- Publicidade -Google search engine

A ABPM participou do VI Seminário Brasileiro de Terras-Raras, realizado entre os dias 7 e 8 de outubro, pelo CETEM, no Rio de Janeiro. O gerente executivo Daniel Pires Vieira, representou a entidade no evento.  Vieira participou do painel sobre ações das entidades representativas do setor, abordando os desafios da pesquisa mineral para minerais críticos.

Veira destacou que a ABPM tem como missão defender os interesses das empresas de mineração no país, trabalhando para que a sociedade entenda a importância da mineração e primando pela competitividade das empresas do setor.

Em sua apresentação Vieira lembrou que a mineração fornece insumos básicos para a indústria.  E que o país possui um imenso potencial mineral, contudo sua produção concentra-se em poucas substâncias. “A Transição Energética é uma oportunidade para posicionar o Brasil como fornecedor de insumos estratégicos como cobre, níquel, lítio, cobalto e grafita,” disse

Vieira lembrou ainda a necessidade de ampliar o conhecimento geológico em escalas apropriadas para estímulo à pesquisa mineral, além de incentivos para um ambiente de negócios favorável, com mecanismos de financiamento para as fases pré-operacionais e de pesquisa mineral, com a criação de fundos e linhas de financiamento específicas para o setor, como por exemplo, crédito via mercado de capitais.

“O aproveitamento do potencial mineral brasileiro e das oportunidades que surgem passa por uma atuação firme do Estado removendo burocracias, provendo recursos e gerando estímulo para a atuação da iniciativa privada,” afirmou o gerente executivo da ABPM, que destacou ainda a necessidade de estruturação da ANM com recursos e pessoal em quantitativo e qualidade adequados para a relevância do setor mineral.

Ampliação do acesso às áreas para pesquisa e agilidade na tramitação dos processos e nas emissões das outorgas e licenças.

O Seminário sobre Terras  Raras busca debater diferentes aspectos relacionados às terras-raras, como o conhecimento geológico, extração mineral, aproveitamento de resíduos da mineração, os avanços em projetos de PD&I em curso visando o processamento mineral, a produção e uso dos óxidos, metais e ligas de terras-raras, como os ímãs, catalisadores, LEDs, além das ações e os instrumentos de apoio a projetos de PD&I, assim como os desafios e perspectivas tecnológicas e comerciais das cadeias de produção no âmbito das empresas mineradoras e fabricantes de produtos de maior valor agregado.

- Publicidade -spot_img
NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

MAIS VISTOS

- Publicidade -