Conteúdo Publicitário

Bolsonaro muda comando do Ministério de Minas e Energia (MME)

11 MAI 22

Views80 Views

Comentários0 Comentários

  • Bolsonaro muda comando do Ministério de Minas e Energia (MME)

O presidente da república Jair Bolsonaro (PL) anunciou nesta quarta-feira (11) a troca do comando do Ministério de Minas e Energia. O agora ex-ministro Bento Albuquerque foi exonerado do cargo e Adolfo Sachsida foi nomeado para liderar a pasta. A mudança foi estabelecida por um decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU).

Bento Albuquerque foi nomeado como ministro do MME em novembro de 2018. Ele era um dos poucos ministros que restavam do quadro inicial indicado por Bolsonaro.

Doutor em Economia e advogado, Sachsida também chefiou da Assessoria Especial de Estudos Econômicos do Ministério da Economia. Ele escreveu vários livros e artigos técnicos sobre política econômica, política monetária, política fiscal, avaliação de políticas públicas e tributação. Além disso, atuou como professor de universidades brasileiras, como, por exemplo, a Universidade Católica de Brasília, e de universidades no exterior, como a Universidade do Texas, nos Estados Unidos.

É possível última quinta-feira (5) conforme noticiado pela CNN, o presidente Bolsonaro realizou uma transmissão ao vivo em suas redes sociais em que criticou Bento Albuquerque pelo aumento no preço do diesel:

“Vocês não podem, ministro Bento Albuquerque e senhor José Mauro, da Petrobras, não podem aumentar o preço do diesel. Não estou apelando, estou fazendo uma constatação levando-se em conta o lucro abusivo que vocês têm. Vocês não podem quebrar o Brasil”, declarou o presidente.

A Petrobras registrou um lucro líquido de R$ 44,5 bilhões no primeiro trimestre de 2022. Trata-se de um salto de rentabilidade superior a 3.000% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Leia também: Yamana Gold promove seminário sobre segurança de barragem antes de teste de sirenes

Leia também: Mapeamento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável na mineração é tema de seminário do MME

Leia também: PF combate garimpo clandestino de ouro na Amazônia

Comentários